fbpx

Manejo do solo inteligente para maior produtividade da fazenda

Manejo do solo inteligente para maior produtividade da fazenda

Muitos acreditam que para manter um solo fértil é necessário somente medir os nutrientes e controlá-los. Mas a verdade é que a fertilidade do solo é uma parte complexa da produção e o manejo do solo ganha protagonismo nesta etapa. Que tal conversarmos de forma mais aprofundada sobre esta etapa tão importante para uma fazenda mais produtiva? Boa leitura!

Características químicas e biológicas

Para um solo ser fértil ele deve apresentar elevado teor de nutrientes, como fósforo, potássio e cálcio, por exemplo. Cada um desses elementos impacta a sua produção a depender do clima, da localização e dos números de safra da sua produção.

Além de ficar de olho na composição química do solo, é preciso se atentar a uma outra parte muito importante: a atividade biológica.

O solo deve estar pronto para sustentar a vida de plantas e animais que conferem maior qualidade à safra. Isso traz à tona a importância do manejo do solo, não só para o aumento da produtividade como também para a sustentabilidade da sua fazenda diante das futuras plantações.

Arranjo estrutural

Microscopicamente, um bom agrônomo irá avaliar o grau de estruturação do solo. Ou seja, se as micropartículas de argila estão tendo espaço para armazenar boa quantidade de oxigênio.

Esse processo de estruturação do solo é fundamental para o crescimento de raízes cada vez mais saudáveis, que resultam em cultivares mais resilientes e saudáveis.

A manutenção da fertilidade da terra e, consequentemente, o aumento da produtividade, dependem de um manejo do solo que privilegie a melhoria das condições biológicas e estruturais do solo.

Manejo do solo inteligente

Produtores rurais que se destacam no mercado são, antes de tudo, ótimos gestores. Isso porque o manejo é uma etapa fundamental do sucesso da produção e só é possível com um bom planejamento. O manejo não uma atividade única. Ele é a gestão de todas as ações que vão ser aplicadas na fazenda de forma combinada. O objetivo final dessas ações combinadas é manter a produtividade das culturas e a qualidade do solo.

Embora as técnicas de manejo precisem variar de cultura para cultura, os princípios universais são os mesmo.

O manejo nasce na classificação do solo. Depois, passa para o estudo das características físicas e químicas. Com essas informações em mãos, é possível planejar corretamente a irrigação e a ações corretivas da acidez do solo e melhor método de adubação.

Agricultura de precisão

Como melhor conduzir a conservação do solo e da água? Como neutralizar os elementos tóxicos do solo? E o manejo de fertilizações? A rotação de cultura é para mim?

Um manejo inteligente, conduzido por um agrônomo profissional, vai te ajudar a responder a todas essas perguntas. Por isso, usar uma tecnologia que agregue todos os dados da sua lavoura irá ajudar a tomar decisões mais inteligentes em relação ao manejo.

A agricultura de precisão é uma aliada do manejo neste sentido, tornando a análise dos processos mais fácil e a identificação de momentos de crise de forma mais ágil. O agronegócio pode muito mais quando começa a utilizar a inteligência de negócio proveniente dos dados da lavoura.

Quer ter dados reais para decisões inteligentes de manejo? Fale com a Agrotopus e vamos construir uma fazenda mais produtiva juntos: Whatsapp (41) 99134-9240 | 0800 591 1785 | comercial@agrotopus.com.br.